Artigos

Compartilhe

Comunicação e Marketing

Como trato Jesus, como um líder carismático ou Senhor e Salvador?


“Pois nem mesmo o Filho do Homem veio para ser servido, mas para ser servir e dar sua vida em resgate por muitos”.  Mateus 20:28

A palavra carisma tem origem da palavra grega kharisma - favor, dom divino. Trazendo este conceito para nosso cotidiano, carisma é um dom natural que desperta admiração, respeito, empatia. Liderança carismática é aquela que entusiasma, persuade, encanta, e dessa forma, convence seus liderados a atingirem os objetivos desejados pelo líder. Um líder carismático tem algumas características significativas:

Geram Admiração em seus liderados; sempre buscam o Autoconhecimento, reconhecer suas habilidades, pontos fortes e de melhoria; Comunicação, é um bom comunicador; Relacionamento, possui capacidade de se relacionar bem; Foco em Resultados, liderança está associada à resultados.

Observando as características acima você deve estar pensando – Jesus é um líder carismático! Ele gerava admiração, Ele tinha autoconhecimento, Ele comunicava muito bem, desde o escravo até com os mestres da lei e Ele tinha um foco nos resultados, que eram ser nosso redentor, fazer discípulos e levar a Palavra até os confins da terra. Mas calma, não tire conclusões precipitadas. Sendo que o carisma está ligado à forma da pessoa se comportar em público e não espelha o caráter e valores (o ditador alemão Adolf Hitler tinha um carisma inquestionável), entenderá que Jesus é muito mais que qualquer líder carismático.

A liderança de Jesus tem “a marca do amor ao outro, e da construção de uma sociedade que seja mais verdadeira, mais justa e mais amorosa. Jesus aponta para uma maneira de viver e um caminho a seguir" (1)

Cristo tem uma liderança suave, leve que nos inspira de tal forma que faz a gente dizer: “eu também quero ser assim”. A liderança de Jesus foi para servir e não ser servido. Ele ofertou voluntariamente a si mesmo para resgate por muitos. Outro dia conversando com uma grande amiga, eu perguntei como ela tratava Jesus e ela deu a seguinte resposta:

“Na minha opinião...

Eu trato Jesus como um único Senhor e Salvador da minha vida e um líder carismático, que através do Espírito Santo é capaz de convencer o pecador a morrer para o mundo e viver para Cristo... e através disso, espelhar Jesus ao mundo!”.

Jesus é o meu Senhor e Salvador.

Só podemos afirmar isso quando seguimos Jesus, e para seguir Jesus, temos que ter uma maneira de viver transformada, restaurada, com a marca da salvação, servindo, amando ao próximo e não ao mundo.

Mas nem sempre foi assim, já tive momentos onde as situações que enfrentei no cotidiano da vida me fez ficar distante deste reconhecimento do senhorio de Jesus. A competitividade no mundo corporativo proporcionou atitudes, onde deixei de ser humilde, de depender de Jesus e algumas vezes agir de forma bem contrária ao que Deus esperava de mim. Mas graças à misericórdia de Deus e ao sacrifício de Jesus que nos permite arrependermos e sermos perdoados, pude “voltar aos trilhos”.  O apóstolo Paulo em sua segunda carta a Timóteo escreveu – “Esforce-se sempre para receber a aprovação do Deus a quem você serve. Seja um bom trabalhador que não tem de que se envergonhar e que ensina corretamente a palavra da verdade.” (2° Tim 2.15). Isso deve estar sempre na nossa mente. Assim como Jesus veio para servir ao Pai, nós também servimos a Deus permanecendo em Cristo, de uma forma duradoura, permanente. Para isso, temos que conhecer a Bíblia e dar espaço para o Espírito Santo guiar nossos passos.

Como você está tratando Jesus? Como você está conciliando sua vida cotidiana com sua vida espiritual? Se você crê em Jesus, mas O enxerga mais como um líder carismático, influenciador, e não tanto como seu Senhor e Salvador, busque entender quem é Jesus.

Se está difícil manter-se fiel aos mandamentos de Deus no seu dia a dia? Não sente vontade de servir como Jesus fez?

Não desanime. Em ambos os casos, busque conhecer mais a palavra de Deus, busque irmãos que podem te ajudar a entender os textos bíblicos.  Coloque suas dúvidas, aflições, vontades diante Dele através de oração. Tente ter uma rotina de leitura da bíblia e também de oração. Anote os textos que mais têm “falado” ao seu coração sobre o senhorio de Jesus e como Ele serviu aos outros, releia-os para que fixem em sua mente.

Oração: Pai nosso, nos colocamos diante de ti reconhecendo que somos falhos, pecadores e muitas vezes negligentes com a nossa vida espiritual. Agradecemos pelo sacrifício de Jesus naquela cruz, sacrifício este que nos libertou da escravidão do pecado e nos deu a vida eterna. Por isso Senhor, pedimos perdão de nossos pecados, faz-nos lembrar de todos os pecados que precisamos nos arrepender, e nos ajude a não os cometer mais. Que o Espírito Santo que habita em nós, nos guie no dia a dia de forma que façamos a Sua vontade e que sejamos desejosos servir assim como Cristo o fez. Desejamos estar mais perto de Jesus, reconhecendo que muito mais que um líder carismático, Ele é o nosso Salvador e Senhor. E no nosso dia a dia, não nos deixe cair em tentação. Em nome de Jesus que oramos. Amém

1. STEUERNAGEL Valdir, BARBOSA Ricardo. Nova Liderança. Curitiba/PR: Edit. Esperança 2017.

Artigo Publicado originalmente no site Igreja Morumbi.

Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site http://www.institutojetro.com/ e comunicada sua utilização através do e-mail artigos@institutojetro.com

Leia também